Asserti lança plataforma de freelancers para área de TI

Asserti lança plataforma de freelancers para área de TI

23 de outubro de 2020
|
0 Comentários
|

O trabalho de freelancer na área de Tecnologia da Informação (TI) está cada vez mais em alta devido a grande demanda do mercado digital, tanto nas empresas que não são diretamente ligadas à tecnologia mas que buscam ferramentas para digitalizar seus processos, quanto em empresas do ramo de TI que possuem equipes mais enxutas e precisam agregar serviços esporádicos aos seus clientes ou que, simplesmente, estão em busca de novos talentos dentro de um modelo mais versátil e menos custoso para a organização.

Para o profissional da área de TI essa demanda se reverte em oportunidade e cria um nicho muito interessante para quem está em início de carreira e para profissionais experientes que procuram maior liberdade de trabalho, já que os freelancers ditam seus horários e trabalham por demandas e entregas podendo oferecer seus serviços e atender diversos clientes.

Neste contexto, a Asserti, como maior entidade de representação do setor de TI do interior de São Paulo, está lançando a plataforma Asserti Freela (freela.asserti.org.br), com o propósito de atender a demanda crescente por freelancers. O objetivo da plataforma é criar uma rede de profissionais com boa reputação nesse mercado e aproximá-los das empresas de modo a gerar oportunidades e de trabalho e resolver o problema de contratação e retenção de talentos na área de Tecnologia da Informação.

Segundo Elvis Fusco, presidente da Asserti, “por conta da última reforma trabalhista e os reflexos do isolamento social causado pela pandemia, houve uma flexibilização nos modelos de trabalho e as empresas chegaram a conclusão do aumento de produtividade de modelos mais disruptivo de relações de trabalho. Essa modalidade de trabalho é bastante vantajosa para as empresas não só do ponto de vista fiscal e tributário mas também em relação ao atendimento e rendimento profissional, apesar do menor controle das atividades laborais, o empresário pode contatar o freelancer diretamente e em qualquer horário, bastando o ajuste prévio entre as partes, podendo ainda avaliar seu desempenho por entregas e dessa forma medir produtividade e qualidade como fatores determinantes para fechar novas parcerias”.

O trabalho freelancer está sendo cada vez mais procurado por empresas que realizam projetos pontuais e precisam de mão de obra qualificada e específica, é uma tendência que está em rápido crescimento, acompanhando o novo cenário mundial e atendendo ao perfil profissional mais liberal e a necessidade das empresas de diminuir custos. Se engana quem pensa que o freelancer tem que ser um profissional desempregado, o profissional contratado pode trabalhar como freelancer em seus horários vagos, aumentar a sua renda e assumir novos desafios mantendo seu emprego e, ainda, agregando conhecimentos que podem ser levados para as organizações.

Segundo a Asserti, até 2024, o Brasil precisará de 420 mil profissionais de Tecnologia da Informação (TI). O problema é que o país forma cerca de 46 mil profissionais por ano. A procura aumentou ainda mais com a aceleração do processo de digitalização das empresas durante a pandemia. Assim, essa plataforma vem ao encontro dessa demanda em disponibilizar para as empresas os serviços técnicos de profissionais que estão atuando em home-office.

Link Oficial da Matéria

http://noticias.asserti.org.br/2020/10/19/asserti-lanca-plataforma-de-freelancers-para-area-de-ti/