Startup do CITec-Marilia foi classificada para o São Paulo Elevator Pitch

Startup do CITec-Marilia foi classificada para o São Paulo Elevator Pitch

29 de novembro de 2018
|
0 Comentários
|
O que você faria se encontrasse um potencial investidor no elevador e tivesse apenas 60 segundos para lhe apresentar seu projeto? Essa pergunta tem se tornado frequente no universo de startups e muitos se preparam para momentos como esse, onde possuem pouco tempo para apresentarem seus projetos a investidores e atrair a sua atenção. Dentro desta temática e com milhares de inscrições, uma startup mariliense incubada no CIEM (Centro Incubador de Empresas de Marilia), mantido pela Fundação de Ensino “Eurípides Soares da Rocha” foi classificada para participar do São Paulo Elevator Pitch, onde as Startups tinham que realizar seu Pitch (termo usado para esse tipo de apresentação) para investidores em apenas 60 segundos, durante o trajeto entre o térreo e o vigésimo sexto andar. Esse evento foi promovido pela CCBA (Câmara Comercio Brasil-Canadá) em parceria com a SP Investimentos e selecionou 42 startups para o Elevator Pitch no icônico prédio Altino Arantes, atualmente Farol Santander. A dinâmica do evento previa dois pitchs dentro do elevador, em um primeiro momento a startup fazia o Pitch em inglês durante o trajeto para dois jurados canadenses, na sequência os jurados tinham 4 minutos para realizarem suas perguntas as startups. No segundo momento acontecia a mesma dinâmica porém com jurados brasileiro. O objetivo do evento foi selecionar startups com potencial de expansão internacional para levarem seus produtos e projetos inovadores ao Canadá. Segundo Antonio Lira, Diretor Executivo da Startup Vooxer, o evento foi marcante e contribuiu muito para o crescimento dos participantes envolvidos, pois os ajudou a colocar a prova todo um processo de preparação para este tipo de abordagem na busca por investidores. “Foi um evento muito bem organizado e que ratifica quão importante é estar preparado para situações onde as startups tem poucos instantes para brilhar e atrair a atenção de potenciais investidores, demonstrando a viabilidade dos seus negócios. Foi muito válido e produtivo, esperamos mais oportunidades como estas para demonstrarmos nosso valor - complementou Lira.” O coordenador do CITec-Marilia (Centro de Inovação Tecnológica de Marilia), Dr. Fábio Dacêncio Pereira comentou sobre o grau de dificuldade enfrentado pela startup Vooxer até chegar entre os empresas classificadas para o evento, “... isso demonstra o alto nível de inovação, time de desenvolvimento e modelo de negócio proposto pela Vooxer”.