Prefeitura e Univem apresentam projeto de credenciamento do Parque Tecnológico de Marília

Prefeitura e Univem apresentam projeto de credenciamento do Parque Tecnológico de Marília

29 de agosto de 2017
|
0 Comentários
|

Prefeitura e Univem apresentam projeto de credenciamento do Parque Tecnológico de Marília

O prefeito Daniel Alonso e representantes do Centro Universitário Eurípides de Marília – Univem e do Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação – Comcitiestiveram presentes nesta segunda-feira, dia 28, em São Paulo, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de SP, com o objetivo de protocolar o projeto de solicitação de credenciamento provisório do Parque Tecnológico de Marília.

Além do prefeito de Marília, estiveram presentes, o secretário municipal de desenvolvimento, Cássio Luis Pinto, o reitor do Univem, Dr. Luiz Carlos de Macedo Soares, o coordenador do Centro de Inovação Tecnológica de Marília – CITec-Marília e presidente da Asserti, Prof. Dr. Elvis Fusco, o coordenador de pesquisa e extensão do Univem, Prof. Dr. Fábio DacêncioPereira e o presidente do ComcitiChikao Nishimura, que também é diretor regional do Ciesp.

A comitiva de Marília foi recebida pelo subsecretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcelo Strama e pela gerente do Sistema Paulista de Parques Tecnológicos, Margareth Leal.

Requerimento de Credenciamento do Parque Tecnológico Protocolado no Governo de SP

Segundo Margareth, para obter o credenciamento provisório de um parque tecnológico, a cidade deve atender vários requisitos como: ter um centro de inovação tecnológica e uma incubadora de base tecnológica credenciados ao Sistema Paulista de Ambientes de Inovação; documento de manifestação de apoio pelas principais entidades, empresas e instituições de ensino; projeto de caracterização e detalhamento do Parque; projeto arquitetônico e urbanístico do empreendimento; estudo de viabilidade econômico-financeira; estudo de viabilidade técnico-científica; estudo de sustentabilidade ambiental e documento comprovando área de no mínimo 200 mil m2 destinada à implantação do Parque.

Os projetos e estudos de credenciamento do Parque Tecnológico de Marília foram elaborados pelo Univem, sob coordenação dos professores Elvis Fusco e Fábio Dacêncio com a cooperação das principais entidades da região representadas no Comciticomo o CiespAcimAsserti, Fiesp, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, SebraeUnesp, Fatec, Etec e de empresas das áreas de vocação que prioritariamente serão beneficiadas pela implantação do empreendimento.

O reitor Univem destaca que a instituição viabilizou a maioria dos requisitos por ser a entidade gestora do CITec-Marília e Ciem e ter investido na elaboração de todos os estudos e projetos que compõem o documento apresentado ao Governo do Estado.  “O apoio e investimento na geração de empreendimentos de base tecnológica e na inovação começou no Univem no ano 2000 com a criação do Centro Incubador de Empresas que hoje é um dos requisitos para esse credenciamento. Atualmente os ambientes de inovação, a Asserti e o Arranjo Produtivo Local APL TI Marília tem suas sedes no Univem e recebem todo o apoio institucional para que a cidade receba essa importante conquista.”, completou o reitor.

O prefeito de Marília destaca que a governo municipal por meio de todas as secretarias, principalmente do Desenvolvimento Econômico, tem empenhado todos os esforços para cooperar no credenciamento do Parque. “A gestão municipal atual mantém políticas públicas de incentivo ao crescimento econômico e social utilizandocomo estratégia, o apoio ao desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação no município, tais incentivos foram pontuados na recente lei de incentivo à inovação, aprovada em julho. Além da lei, a doação do terreno são algumas das ações que o poder público municipal tem realizado em relação a esse projeto e demonstra a visão de futuro do atual governo em investir no empreendedorismo e na inovação como catalizadores do desenvolvimento econômico e da geração de empregos do futuro da nossa cidade.”, destacou o prefeito.

O subsecretário, Marcelo Stramacomentou que os ambientes de inovação de Marília mantidos pelo Univem (CITec-Marília e Ciem) são atualmente referência para o Governo de São Paulo e indicados como modelo de gestão e apoio ao empreendedorismo e inovação para cidades que desejam implantar esses ambientes.“A cidade de Marília atende a todos os requisitos para o credenciamento provisório do Parque Tecnológico pois apresenta um Sistema Local de Inovação que demonstra a articulação do poder público municipal, estadual e federal com instituições de ensino e pesquisa no apoio à inovação nas empresas locais e regionais tendo seus atuais ambientes de inovação como potencializadores desse processo”, destacou Strama

O Prof. Dr. Elvis Fusco explica que um Parque Tecnológico é um empreendimento de desenvolvimento econômico e tecnológico que visa fomentar economias baseadas no conhecimento por meio da integração de pesquisa científica, empresas e organizações governamentais. “O Parque Tecnológico de Marília foi idealizado com o caráter regional tendo como prioridade de apoio, as áreas de vocação das cidades de Marília, Pompeia e Garça: alimentos, metalmecânica, Tecnologia da Informação, agronegócios, saúde e eletroeletrônicos. A visão é que o Parque de Marília venha prover ao setor produtivo, os serviços, a infraestrutura e o capital humano adequados à realização de atividades inovadorase estimule a implantação e atração de empresas de base tecnológica para a região.”, concluiu Fusco.

A expectativa dos responsáveis pelo projeto é que o credenciamento provisório consequente inclusão do Parque Tecnológico de Marília ao Sistema Paulista de Parques Tecnológicos seja realizado ainda este ano. Essa inclusão permite à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação a realização de análise inicial das condições da proposta básica apresentada, com o objetivo de auxiliar a cidade na implantação do Parque, constatada a viabilidade, será concedido o seu credenciamento definitivo.